Município / Hino de Sergipe

Hino de Sergipe

Alegrai-vos, sergipanos,

Eis que surge a mais bela aurora

Do áureo jucundo dia

Que a Sergipe honra e decora.

O dia brilhante

Que vimos raiar,

Com cânticos doces

Vamos festejar.

A bem de seus filhos todos,

Quis o Brasil se lembrar

De o seu imenso terreno

Em províncias separar.

O dia brilhante

Que vimos raiar,

Com cânticos doces

Vamos festejar.

Isto se fez, mas, contudo

Tão cômodo não ficou,

Como por más conseqüências

Depois se verificou.

O dia brilhante

Que vimos raiar,

Com cânticos doces

Vamos festejar.

Cansado da dependência

Com a província maior,

Sergipe ardente procura

Um bem mais consolador.

O dia brilhante

Que vimos raiar,

Com cânticos doces

Vamos festejar.

Alça a voz que o trono sobe,

Que ao Soberano excitou;

E curvo o trono a seus votos,

Independente ficou.

O dia brilhante

Que vimos raiar,

Com cânticos doces

Vamos festejar.

Eis, patrícios sergipanos,

Nossa dita singular,

Com doces e alegres cantos

Nós devemos festejar.

O dia brilhante

Que vimos raiar,

Com cânticos doces

Vamos festejar.

Mandemos porém ao longe

Essa espécie de rancor

Que ainda hoje alguém conserva

Aos da província maior.

O dia brilhante

Que vimos raiar,

Com cânticos doces

Vamos festejar.

A união mais constante

Nos deverá consagrar,

Sustentando a liberdade

De que queremos gozar.

O dia brilhante

Que vimos raiar,

Com cânticos doces

Vamos festejar.

Se vier danosa intriga

Nossos lares habitar,

Desfeitos aos nossos gostos

Tudo em flor há de murchar.

O dia brilhante

Que vimos raiar,

Com cânticos doces

Vamos festejar.